Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Segundo o Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho, um trabalhador morreu vítima de acidente de trabalho a cada 4 horas e meia desde o início do ano de 2017. Os números foram apresentados no último dia 5, segunda-feira.

Analisando dados enviados por diversos órgãos públicos, o observatório estima que, desde o começo de 2017, foram registradas 2.351 mortes, de um universo de 675.025 comunicados de acidentes de trabalho.

O Observatório também estima que, entre 2012 e 2017, a Previdência teria gasto R$ 26,2 bi com o pagamento de auxílios-doenças, aposentadorias por invalidez, auxílios-acidente e pensões por morte.

De acordo com o co-coordenador do laboratório de gestão (SmarLab de Trabalho Decente), Luiz Fabiano de Assis, os acidentes de trabalho não caíram em relação aos acidentes registrados em 2016: “quando analisamos o número de trabalhadores expostos ao risco de acidente, o número de contratos de trabalho existentes, o número de acidentes não caiu em comparação a 2016. Ele se manteve estável”, disse Assis. 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas