Candidatos em 130 cidades
Após a realização da 30º Conferência, o PCO definirá os candidatos que participarão do pleito eleitoral em mais de 130 cidades e mais de 20 capitais
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
pco
30º Conferência definiu o programa das eleições 2020. | Foto por: arquivo DCO.

No último final de semana, nos dias 15 e 16, aconteceu a 30º conferência do Partido da Causa Operária, na qual militantes de todos o país se reuniram e definiram o programa eleitoral para as eleições de 2020. A partir de um amplo debate e avaliação do desenvolvimento do cenário político, as propostas apresentadas foram votadas e definidas como o programa a ser seguido por todos os candidatos do partido.

A realização da conferência destacou aspectos fundamentais da política revolucionária (em contraposição à política dos partidos pequeno-burgueses), o centralismo democrático como método organizativo, o exercício da democracia operária e, principalmente, a definição de um programa unitário que é, na verdade, a continuidade e o reforço do programa do partido, como proposta real para a classe trabalhadora brasileira.

Um programa que busca dar continuidade à luta contra o regime golpista, que carrega o Fora Bolsonaro como bandeira de luta mais importante no momento, que visa denunciar o aumento da repressão do regime, os ataques à democracia operária, bem como carrega as pautas históricas dos marxistas como a liberdade de organização dos trabalhadores, o direito universal e irrestrito à educação, direito ao aborto, fim das privatizações, estatização dos serviços públicos e estratégicos, fim da especulação financeira e estatização dos bancos, entre outros. Ou seja, um programa que leva às eleições uma proposta de luta em direção ao governo operário.

Como resultado desta ampla construção, o partido realiza a partir do próximo final de semana as plenárias municipais que visam definir as candidaturas locais pelo método da votação pelos militantes ativos. As plenárias ocorrerão de 31 de agosto a 16 de setembro, onde serão definidas as candidaturas em mais de 130 cidades, com candidatos a prefeito em mais de 20 capitais, em todas as regiões do país, com datas confirmadas, por exemplo, em cidades como:

05 de Setembro: São Paulo e Maceió

06 de Setembro: Salvador e Belo Horizonte

09 de Setembro: Curitiba

12 de Setembro: Rio de Janeiro, Florianópolis e Recife.

Outro aspecto fundamental a destacar é que, assim como consta no programa do partido, e ratificado no programa das eleições 2020, o PCO não participa do processo eleitoral visando alcançar cargos dentro do Estado burguês, muito menos permite as intenções carreiristas individuais de candidatos, mas sim utiliza as eleições com a finalidade de ampliar a sua política, utilizando o processo como mais uma tribuna para agitação e organização da classe trabalhadora.

A participação nas eleições 2020 e os procedimentos preparatórios já estão evidenciando o notório crescimento do partido na sua base, no aumento do quadro de militantes, na expansão territorial, o que inevitavelmente leva a uma maior influência sobre a classe trabalhadora. A política combativa, de enfrentamento ao regime golpista, de trabalho diário pelo desenvolvimento das organizações operárias, ao promover a participação ativa da classe operária na disputa política em curso, tem tornado o PCO o partido mais importante do cenário político do país, desenvolvendo-se dia após dia como partido revolucionário que tem o dever de ser a vanguarda do proletariado brasileiro e das massas exploradas na revolução operária.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas