Menu da Rede

Região Sul registrou atos em mais de uma centena de cidades

1 milhão nas ruas!

Um milhão nas ruas! Causa Operária lança suplemento para o dia 19

O recado está dado, as massas dirigem-se contra os golpistas como um rastilho de pólvora pronto para explodir o paiol

Manifestação do dia 29 de maio – Reprodução

Publicidade

Os atos do dia 29 de maio abriram uma nova perspectiva de luta, rompeu-se o dique de contenção que aprisionava as massas. Em todo o País, ruas foram tomadas com palavras de ordem contra o governo golpista, exigindo vacina, auxílio emergencial digno, emprego e, sobretudo, o Fora Bolsonaro. O conjunto da esquerda que antes negava-se a sair às ruas foi aturdido pela pressão popular, pela tendência natural dos oprimidos contra as classes opressoras. Esse fenômeno, no entanto, precisa continuar com todo o apoio das organizações populares, dos partidos de esquerda e dos sindicatos. O caminho já está traçado, é nas ruas que iremos derrotar a direita e a extrema-direita.

Como disse o companheiro Rui Costa Pimenta, “não só Bolsonaro, mas o conjunto da burguesia sentiu o golpe [das mobilizações]. Elas colocam o problema da polarização política num patamar muito alto”. Ainda segundo Rui, “é importante deixar claro que o ato [do dia 29] está pedindo explicitamente ‘Fora Bolsonaro’! O ato não fala em impeachment, fala ‘Fora Bolsonaro’, o que na minha opinião é mais do que o impeachment, é o objetivo dos movimentos populares de derrubar efetivamente o governo”. O recado está dado, as massas dirigem-se contra os golpistas como um rastilho de pólvora pronto para explodir o paiol. Esse, portanto, é o resultado inexorável da luta de classes, da luta dos oprimidos contra os opressores; é o resultado do golpe de 2016 e da política de terra arrasada alavancada pela direita golpista e pela extrema-direita.

É com o intuito de intensificar as mobilizações populares, de fazer deslanchar o ímpeto dos oprimidos contra seus algozes, que o Partido da Causa Operária (PCO) lança em primeira mão o suplemento da edição do Jornal Causa Operária (JCO) nº 1164, inteiramente dedicado à convocação nacional para o dia 19. Na sequência do ato que tomou as ruas no dia 29, já foi acertada a data para a próxima manifestação. Precisamos colocar 1 milhão de pessoas nas ruas pelo Fora Bolsonaro e Todos os Golpistas. Não às privatizações dos Correios, da Eletrobrás e de todas as estatais, por um auxílio emergencial de 1 salário mínimo, vacina para todos (com quebra das patentes e controle popular), por Lula presidente; por um Governo dos Trabalhadores!

Após a reunião da coordenação da Frente Nacional Fora Bolsonaro, no último dia 2, foi deliberada a convocação de mais uma jornada de lutas. Contra o governo que condena o país a 1 milhão de mortos, colocaremos 1 milhão de pessoas nas ruas. Precisamos reagir aos ataques contra os trabalhadores, aos sem-terra, sem-teto, a todos os setores oprimidos e explorados. Mobilizar a juventude, os trabalhadores da educação contra o crime da volta às aulas e contra a destruição do ensino público; mobilizar os movimentos de luta das mulheres e dos negros, de luta do campo e da cidade etc. Com mais 120 milhões de famintos e mais de 50 milhões de desempregados, “desalentados” e subempregados, a situação do país é catastrófica e empurra todos os dias milhares para a miséria, condenando milhões de brasileiros à morte, seja pela pandemia ou de fome.

Nesse momento, é imprescindível que se coloque uma perspectiva própria dos trabalhadores diante da crise, impulsionando a população contra o regime golpista. Para isso, é preciso defender a candidatura do ex-presidente Lula à presidência, o candidato que a burguesia não quer, visto que seria o maior entrave para seus planos contra o povo. Essa candidatura, por sua vez, deve ser impulsionada com um programa das reivindicações fundamentais para o enfrentamento da crise política e econômica que o país atravessa. É com base na defesa de um governo dos trabalhadores da cidade e do campo, sem golpistas e sem patrões que o movimento deve tomar forma.

A esquerda deve tomar a dianteira e assumir o comando das manifestações, impulsionando a população contra os golpistas até que todas as reivindicações sejam atendidas. Não podemos deixar se repetir o ocorrido em junho de 2013! A direita deve ser expulsa das manifestações; as ruas são da esquerda e dos movimentos populares. Está mais do que na hora de pôr um fim ao governo golpista de Bolsonaro, e essa tarefa está na ordem do dia. Como destacado no panfleto, “é hora de lançar mão de todas as armas para impulsionar a luta do povo, incluindo, o chamado a que a maior liderança popular do País, o ex-presidente Lula”. Por um governo dos trabalhadores da cidade e do campo, sem golpistas e sem patrões!

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Cultura

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.