Tentativa de destruir o DCO
O ataque a este Diário tem que ser repudiado por todos, é preciso dar uma dura resposta à direita
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
DCO
Jornal perdeu 4000 artigos, num ataque fascistas à imprensa de esquerda. | Foto: Diário Causa Operária

O ataque o Diário Causa Operária (DCO) foi um ato de covardia dos fascistas. Os que não conseguem vencer a política dos trabalhadores no amplo debate tem que recorrer ataques desta natureza. Feito de forma furtiva, os criminosos buscavam liquidar o acervo presente neste diário. Em uma hora destruíram 4 mil artigos, e foram barrados pelos militantes, que por convicção, por terem certeza do futuro socialista da nossa sociedade, sustentam estas páginas e os impediram de concluir o vil serviço.

Uma coisa temos de dizer, existe uma pessoa que deliciou-se com este ataque, que vê nele uma vitória, um avanço da sua política, esta pessoa é Bolsonaro. Se a repressão estatal ou paraestatal envolveu-se diretamente nisso, um dia, esperamos que não muito longe de agora, descobriremos.

A trupe fascista se sente mais forte com cada revés do movimento operário e progressista. Eles adoraram ver que outros portais, como os dos companheiros Fernando Morais e Paulo Henrique Amorim, não conseguiram manter-se diante das gigantescas dificuldades. De público esconderam, mas em privado se deliciaram quando os integralistas tentaram incendiar a sede do Porta dos Fundos, etc…

Este portal é um dos mais antigos portais da esquerda brasileira, transformado em diário no ano de 2003, o antigo Causa Operária Notícias Online, site que originou este portal, é ainda mais antigo. Trata-se de um patrimônio da esquerda brasileira. Seu contraparte impresso, o Causa Operária, fundado durante a ditadura, não dobrou-se diante do General Figueiredo, Sarney, Collor, Itamar, FHC. Mesmo durante a era petista, em que muitos viram uma vitória definitiva, se manteve como oposição, mostrando as falhas, limitações e organizando o partido revolucionário. 

Os fascistas odeiam isso na esquerda. Que perduramos, que nossas organizações gozam de respeito e tradição, que elas são fortes pois grandes lutas as forjaram. Muitos fascistas viram Lula refugiar-se no que é uma verdadeira fortaleza da classe operária, o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e queriam ver o prédio, o sindicato e todos os militantes que lá estavam demolidos e exterminados. Eles odeiam que, como era o lema das milícias antifascistas italianas, “do nada surgimos”, ou seja, sem apoio dos capitalistas, sem depender de nada, se não das suas próprias forças, a classe operária ergueu associações, sindicatos, jornais e partidos.

A reação do DCO, dos seus apoiadores, redatores, colunistas, editores, diante deste ataque não poderia ser outra. O ataque visava aleijar o portal, ferir as convicções e o orgulho de todos nós. Fracassaram. A operação do portal foi prontamente restabelecida, iniciamos uma campanha que já goza de centenas de apoiadores, muitos ilustres, muitos que são o típico militante anônimo, o soldado da revolução.

Dirigentes da CUT, líderes dos sem terra, do PT, deputados, ex-ministros, partidos brasileiros e estrangeiros, jornalistas e influenciadores, se somaram à campanha de apoio ao DCO. Muitos colocaram divergências antigas e profundas entre eles e nós de lado e se somaram a esta campanha de solidariedade. Os companheiros fizeram isso pois sabem que este ataque é intolerável e repugnante para qualquer um com uma mentalidade progressista.

Neste sábado, a campanha dá mais um passo no sentido da denúncia desse crime com a  convocação de um ato às 16hrs, o qual será transmitido em nossa TV.

Mas não se preocupem companheiros, nossa campanha não acabará apenas com essa única denúncia. Trabalhamos, enquanto isso, com afinco para identificar os reacionários criminosos responsáveis, trazer a luz a identidade desses covardes, e tomar as medidas cabíveis. Quando forem encontrados os criminosos, devemos reunir a esquerda, as organizações populares e devemos acertar contas.

A extrema-direita pensou que ia derrubar este portal, em poucos dias já funcionava em pleno vapor, agora, fortalecidos, continuaremos nossa missão: agitar, mobilizar, denunciar, ser a tropa de choque do trabalhador na luta.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas
Sobre o Autor
Publicidade
Últimas
Publicidade
Mais lidas hoje

Nenhum dado até agora.