Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
lula6
|

Da redação – Termina nesta quinta-feira, 30, o prazo para os advogados de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), apresentarem a defesa da candidatura dele ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para mais uma vez, os golpistas que prenderam o petista sem provas negarem seus direitos mais fundamentais.

Após o registro, a direita e a extrema-direita golpista, se organizaram para apresentar 16 questionamentos à candidatura com base na Lei da Ficha Limpa. Foram apresentadas 8 impugnações vindas do Ministério Público, partidos, coligações, candidatos e 8 pedidos de inelegibilidade por meio de cidadãos.

A direita que organizou o golpe, orquestrado pelos EUA, prendeu Lula sem provas – no caso do Triplex – e agora,  exatamente no falso “combate à corrupção” para retirar o candidato com maior intenção de votos das eleições.

A candidatura do petista foi registrada pelo partido no dia 15 de agosto em Brasília, apoiada por uma grande marcha do MST, somada a uma mobilização com mais de 30 mil pessoas, que, para o dia do próximo julgamento, se preparam para aumentar esse número e demonstrar a força do povo que defende o ex-presidente.

O ato político que denunciou a perseguição da Lava Jato, as arbitrariedades do judiciário tomado por servos do imperialismo norte-americano, contou com lideranças do PT, PCO, MST, CUT e outros movimentos sociais da cidade e do campo.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas