Univ. Federal da Fronteira Sul
Alunos desocuparam a reitoria da universidade na manhã desta quinta-feira
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
71030082_2558382104219441_7174976780476874752_o
Os alunos ocuparam a reitoria no dia 30 de agosto. Foto: Elaine Tavares/Facebook |

Da redação – Os estudantes da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) aceitaram desocupar a reitoria da instituição, em Chapecó, na manhã desta quinta-feira (19), após o Conselho Universitário aprovar sessão no próximo dia 30 para discutir a destituição do reitor, nomeado por Bolsonaro.

Os alunos ocuparam a reitoria no dia 30 de agosto devido à nomeação arbitrária de Marcelo Recktenvald como reitor da universidade por parte do governo ilegítimo. Recktenvald terminou em terceiro lugar na lista tríplice e, como tem sido costume desde o governo Lula, o governo federal deveria nomear o primeiro colocado na votação entre o corpo universitário. No entanto, como tem ocorrido em diversas instituições de ensino pelo País, Bolsonaro passou por cima de qualquer resquício de democracia acadêmica e do consenso geral e nomeou um reitor que se enquadra em sua política fascista de intervenção nas universidades, para atacar os estudantes, professores e trabalhadores das instituições.

Desde então os estudantes permanecem em estado de greve e ocuparam a reitoria. Entretanto, o Conselho Universitário, aparentemente em uma manobra para quebrar a paralisação e a ocupação, anunciou uma sessão no próximo dia 30 para votar a proposta de recomendação de restituição de Recktenvald. O pedido foi feito pelo movimento Ocupa UFFS, que participa da ocupação da reitoria. Porém, foi um erro dos estudantes terem aceitado desocupar a reitoria antes da decisão, uma vez que não é garantia de que o interventor bolsonarista seja destituído e o movimento pode ser traído. É preciso continuar a luta contra a intervenção fascista de Bolsonaro nas universidades e manter a ocupação.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas