Exclusão de 32 mil contas
O Twitter excluiu 32 mil contas ligadas aos governos russo, chinês e turco, com o intuito de censurar esses países
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
twitter
Twitter usa censura para atacar países oprimidos | Imagem: Reprodução

O Twitter excluiu mais de 32 mil contas dos governos russo, chinês e turco, além de outras contas que reproduziam seus conteúdos. Trata-se de um claro ataque aos países oprimidos por parte do imperialismo, para que esses países não possam levar a sua política adiante.

A justificativa dada pelo Twitter para as contas chinesas é a de que a China estaria distorcendo a realidade dos fatos em Hong Kong por meio da plataforma. A realidade, no entanto, é que o imperialismo não quer que a China tome conta de Hong Kong, pelo contrário, deseja que a ilha volte a ficar totalmente subserviente aos interesses dos países imperialistas, por isso o Twitter bloqueia as contas chinesas.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas