Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

A próxima edição do programa TV Mulheres vai receber Railda Silva e Miriam Duarte, fundadoras do AMPARAR (Associação de Familiares e amigos de presos/as) que atua desde 2006 a familiares de pessoas presas tanto no sistema socioeducativo (a antiga Febem, hoje Fundação Casa) quanto no sistema penitenciário. São mães que estão lutando pela vida de seus filhos, e batalhando para que eles tenham um tratamento justo por parte do sistema judiciário.

AMAPARAR que nasceu da união dessas duas mães na ocasião em que seus filhos foram presos e foram para FEBEM no fim dos anos 90, que será debatido pela companheira Perci Marrara junto com as convidadas para encerrar a série Mulheres e prisão: os efeitos do encarceramento em massa na vida das mulheres.

Depois de abordar a questão de detentas que são mães nas cadeias, esse terceiro programa da série vem para abordar os efeitos sociais e psicológicos em mulheres que são exploradas, oprimidas e que de alguma forma tem as suas vidas arruinadas pelo estado que tem como política o encarceramento em massa de pessoas pobres e trabalhadores das periferias no Brasil, além de abordar também os efeitos diretos e indiretos do encarceramento de amigos e familiares na vida das mulheres que são familiares e amigos de detentos/as.

TV Mulheres encerra série sobre mulheres e o carcere 1

Sendo as mulheres uma das classes mais oprimidas, se não, a mais oprimida em uma sociedade capitalista, trazer um debate sobre os efeitos diretos e indiretos do encarceramento em massa no nosso país, o TV Mulheres abre um raro espaço e da voz a mulheres que recebem por tabela o ônus da criminalidade do qual elas nem planejaram e nem quiseram fazer parte.

O programa TV Mulheres vai ao ar neste próximo domingo ás 19:00 pelo canal causa operária TV a COTV no Youtube com a apresentação da companheira Perci Marrara. Se inscreva em nosso canal no Youtube e fique por dentro de todas as novidades da programação, além de ser um dos já mais de 18 mil inscritos que estão fortalecendo a luta por uma TV que fique 24 horas no ar e combata o monopólio da imprensa capitalista, imperialista e golpista que há décadas domina os meios de comunicação no nosso país.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas