TV Mulheres debate a violência contra a mulher enquanto STF prepara o veto ao aborto

tv mulheres

Da redação – Hoje às 19 horas na Causa Operária TV, o programa TV Mulheres, apresentado por Perci Marrara, irá receber a professora da USP Ana Flávia D’Oliveira que dedica seu trabalho e vida ao estudo, pesquisa e ativismo contra violência e pelos serviços de saúde voltado às questões das mulheres. 

No dia em que o Supremo Tribunal Federal (STF) – mesmo estando tomado por golpistas conservadores – retomou as discussões sobre a descriminalização do aborto até a 12ª semana de gestação, trazendo especialistas em diversas áreas para defender suas posições e apresentar argumentos que pautem a decisão final da Corte, nossa apresentadora recebe Ana Flávia para de fato debater os rumos dessa luta cotidiana, os problemas diversos e urgentes, enfrentadas pelas mulheres na atual sociedade capitalista.

A finalidade das entrevistas da Causa Operária TV em geral, diferente de muitos temas debatidos nas cortes dominadas pela burguesia, tem como prioridade trazer reflexões diretamente de quem vive dentro da luta diária, levando imediatamente as pessoas que assistem a agirem contra a situação, no caso, hoje contra o golpe que está atacando abertamente as conquistas históricas das mulheres. A lista de ataques contra as mulheres do governo do golpista Michel Temer (MDB) é imensa, indo desde o fim do direito das mulheres grávidas não trabalharem em locais insalubres, passando pela regressão no tempo de trabalho das gestantes e chegando ao aborto, questão que envolve o direito da mulher escolher sobre seu próprio corpo.

Veja os debates mais recentes no programa:

Então, é fundamental a divulgação desses temas, bem como a organização cada vez maior de atos, debates, palestras, cursos para que as ações efetivas aumentem e os golpistas que derrubaram Dilma Rousseff (PT), sem provas, sejam retirados pelas mãos do povo. Derrotar o golpe é a única forma de trazer de volta um governo ligado aos interesses do povo e, consequentemente, da maioria da sociedade que são as mulheres.