Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Na última edição do programa Análise política da Semana, exibido no último 17/02/2018, o companheiro Rui Costa Pimenta abordou dentre outros temas o fato de a Escola de samba Paraíso do Tuiuti ter feito um protesto contra o golpe de estado em andamento no Brasil e a enorme recepção positiva que teve.

‘Essa é a primeira questão que eu queria chamar a atenção, a segunda questão, tem haver com a política nacional, mas que é uma avaliação do que aconteceu no carnaval brasileiro. Como nós havíamos previsto, o carnaval se tornou em um grande ato político contra o golpe. E acabou tendo como centro de toda a discussão o desfile das escolas de samba no Rio de Janeiro, em especial, com o desfile da escola de samba Paraíso do Tuiuti.

No Brasil nós temos uma tradição muito curiosa, que é uma tradição no meio da esquerda pequeno burguesa que é o seguinte; primeiro; o futebol só é usada para privilegiar os direitos da direita. Por exemplo, o Brasil ganhou a copa do mundo de 1970, e isso ajudou a ditadura militar a se firmar. Nesse sentido ele é político a serviço da direita, os brasileiros deveriam deixar de lado o futebol, como sendo algo brutal, ignorante e besta, o brasileiro deveria deixar de apreciar o futebol, mesmo com a imensa maioria da população aprecia o futebol, ele deveria ser deixado de lado com a famosa frase de que o Futebol é o ópio do povo.

Com o carnaval acontece a mesma coisa. Ah, que o carnaval é muito industrializado, comercializado, pasteurizado, vários ados ai que desqualificam o carnaval, como sendo uma manifestação popular. E agora, quando você tem ai uma escola de samba no grupo especial do desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro, em um dos eventos mais importantes da vida cultural no Brasil, uma boa parte da esquerda teve a capacidade, e haja capacidade para tal, dizer que isso não adiantava nada. Que carnaval não faz revolução e tal, o que mostra o enorme desprezo pela cultura popular.

O que nós vimos no carnaval, e isso ficou muito patente, é que o carnaval como grande expressão popular, expressa a política nacional. O carnaval, e em especial no grupo de desfile das escolas de samba no Rio de janeiro, expressou uma enorme polarização política nacional. Lógico que carnaval não faz revolução, mas tem várias coisas que não fazem revolução e que é preciso fazer para se chegar a revolução. No final, só a revolução faz a revolução. O que não quer dizer que você não possa fazer várias coisas para se chegar a revolução, e o carnaval logicamente, imagine um desfile de escola de samba é uma enorme peça de propaganda, e a escola de samba Paraíso do Tuiuti fez muito mais propaganda contra o golpe do que a maioria das organizações de esquerda que estão por ai.

Não da para negar isso com argumentos bestas de que apresentar denuncias lá no desfile das escolas de samba. Quem dera tivessem essa disposição para fazer essa denuncia. A maior parte não teve essa disposição, não tirou panfletos, não tirou cartazes, não fez absolutamente nada para lutar contra o golpe. E agora vem dizer que carnaval não faz revolução.”

O programa análise política da semana vai ao ar todos os sábados sempre ás 11:30 da manhã pelo canal da causa operária TV a COTV no Youtube. Se inscreva em nosso canal e seja um dos já mais de 18 mil inscritos que estão fortalecendo a luta por uma TV que fique 24 horas no ar e combata o monopólio da imprensa capitalista, imperialista e golpista que há décadas domina os meios de comunicação no Brasil. Contribua também com a nossa Vakinha on line com o quanto puder e o quanto quiser.

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/contribua-com-a-campanha-contra-prisao-de-lula

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas