Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
ttsstt
|

Da redação – De fato, na prática, foi extinto o direito de greve no Brasil. O TST (Tribunal Superior do Trabalho) se tornou um dos principais pilares da burguesia contra a luta dos trabalhadores pelos seus direitos. Isso ficou explícito com a “proibição” da recente greve dos petroleiros, que havia sido anunciada pela FUP (Federação Única dos Petroleiros), por meio de uma multa milionária contra as organizações grevistas.

Agora, com a greve dos trabalhadores da Eletrobras, isso ficou ainda mais claro. Os trabalhadores precisaram pedir permissão para o TST para realizar a greve, que foi autorizada sob condições de manter 75% do quadro de cada setor de cada uma das empresas do Sistema Eletrobras. Ou seja, querem controlar absolutamente a greve, impedindo que a grande maioria dos trabalhadores parem as atividades.

Todo apoio à greve dos eletricitários!

Abaixo a privatização da Eletrobras!

Abaixo o Golpe de Estado!

Liberdade para Lula!

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas