TSE quer aprovar golpe para impedir Lula de ser presidente! Abaixo judiciário golpista!

TSE fachada

Em meio a maior crise política no Brasil, durante o golpe de estado, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o comando do ministro golpista Luís Fux, que prometeu a Rede Globo que não vai deixar Lula ser candidato, vai se reunir essa semana para votar aprovar uma medida que impedirá a inscrição de Lula nas eleições de 2018.

Os golpistas do TSE querem aprovar que candidatos as eleições de 2018, que estiverem com processo penal não possam sequer registrar suas candidaturas. Uma lei direcionada diretamente para Lula que foi preso injustamente, em um processo fraudulento, sem provas, realizada pela operação golpista da “Lava Jato”.

A medida legal que o TSE quer estabelecer, é claramente uma ilegalidade, em primeiro lugar porque a função de legislar não cabe aos ministros do TSE, mas aos deputados e senadores eleitos pelo povo e que fazem parte do Congresso Nacional.

Em segundo lugar, que essa medida é inconstitucional, pois o poder de decidir sobre os candidatos a eleição de 2018 deve ser da população e não de juízes, que sequer são eleitos pelo povo.

Temos que denunciar o caráter golpista desses ministros e do TSE, que nos últimos anos funcionam como o verdadeiro eleitor das eleições no Brasil.

Os votos de milhares de trabalhadores são rasgados, sua vontade política são ignoradas e os juízes, como o golpista Luiz Fux decide quem será candidato e quem não será, e depois de terminada a eleição, esses golpistas ainda se consideram detentores da prerrogativa de avalizar ou não a vontade popular dada ao candidato.

Abaixo o TSE golpista, por eleições diretas a todos os cargos do Poder Judiciário.