Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
trump-29
|

O governo norte-americano separou cerca de 1,5 mil crianças imigrantes de suas mães que cruzaram as fronteiras dos Estados Unidos desde outubro de 2017. A informação é de uma reportagem publicada no New York Times no último dia 26 de abril.

Desde então o governo norte-americano tem sido questionado sobre o que aconteceu. As queixas das mães se tornaram mais constantes nos últimos dias. O caso levantou suspeitas de que elas poderiam ter sido vítimas de tráfico infantil ou até mesmo de trabalhos forçados e ilegais no país. As crianças ficaram sob custódia do governo, foram separadas das suas famílias.
De acordo com o relatório, a maioria das crianças vieram de países como Honduras, El Salvador e Guatemala, e estava fugindo de situações de fome e miséria. Como Trump não sabe o que aconteceu com as 1.475 crianças imigrantes?

De outubro a dezembro de 2017, o HHS entrou em contato com 7.635 crianças que o departament havia colocado sob custódia de responsáveis e descobriu que 6.075 das crianças ainda viviam com seus tutores, 28 haviam fugido, 5 foram deportadas e 52 estavam morando com outras pessoas. O restante dessas crianças está desaparecido, disse Steven Wagner, secretário-assistente interino do HHS.

Com sua política de extrema direita e brutal contra os imigrantes que tentam cruzar a fronteira, some com cerca de 1,5 mil crianças, na fronteira separam mães e filhos. Que Trump devolva todas essas crianças para as suas famílias

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas