Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
John-J.-Sullivan
|

O governo direitista de Donald Trump disse que não reconheceu as eleições na Venezuela, onde o governo Maduro foi reeleito e ganhou de lavada com 70% dos votos válidos, está programando abertamente uma invasão militar no país latino-americano para “defender a democracia”.

A declaração do presidente norte-americano é cínica já que Trump foi eleito por colégio eleitoral sem a maioria dos votos da população. Entretanto, esse cinismo do imperialismo já é conhecido.

Trump enviou seu vice-secretário de Estado, John J. Sullivan, para o Brasil discutir com os golpistas nacionais a invasão na Venezuela, que contará com o apoio de todos os direitistas da América do Sul. O cinismo é tão grande que um bando de salafrário impopular estão articulando um golpe contra um dos presidentes mais populares das Américas em nome da “democracia”.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas