Trump está mudando de política sob pressão: FBI invade escritório de advogado do presidente dos EUA

trump

Agentes do FBI fizeram uma busca nesta segunda-feira (9) no escritório de Michael Cohen, advogado pessoal do presidente americano, Donald Trump. Segundo o “The New York Times”, o FBI apreendeu documentos no escritório de Cohen relacionados aos pagamentos para a atriz de filme pornô, Stormy Daniels.

Vale lembrar que Cohen está no centro de uma controvérsia em torno da suposta compra de silêncio de uma atriz pornô que teria se relacionado com Trump antes da eleição de 2016.

Quem autorizou o mandato de busca foi o procurador especial Robert Mueller, que investiga os laços entre a Rússia e a campanha eleitoral de Trump. Nesse sentido, o governo Trump reflete uma séria desagregação nacional entre os setores liberais e a extrema-direita norte-americana.

A deposição do presidente, encaminhada pela ala mais tradicional da política norte americana, ligada ao sistema financeiro internacional, indica que Trump é uma pessoa que apresenta um programa que contraria os objetivos tradicionais do imperialismo norte-americano.

Vale destacar que há setores dominantes do imperialismo e setores secundários. Donald Trump não faz parte do setor fundamental da burguesia imperialista norte-americana, a política que ele leva é uma política que entra em conflito com as determinações do setor fundamental, o que significa que ele é uma contradição, que é uma peça da máquina que não funciona bem.

Como Trump está ameaçado dentro dos EUA, lança medidas externas para se fortalecer internamente. Após os ataques químicos na Síria, o presidente norte-americano usou o twitter para enviar mensagens aos defensores e apoiadores do regime de Bashar al Assad, nesse caso, Irã e Rússia.

Tudo indica que Trump e o presidente da França, Macron, irão coordenar um ataque conjunto, como resposta ao uso de armas químicas na Síria, proibidas pelas convenções internacionais. É uma ação política de retaliação com contornos de “salvacionista” do governo republicano norte-americano.