Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
(FILES) This combination of file photos created on March 9, 2018 shows North Korean leader Kim Jong-Un during the 5th Conference of the Workers' Party of Korea Cell Chairpersons in this photo from North Korea's official Korean Central News Agency (KCNA) taken on December 23, 2017 and released on December 24, 2017 (L) and US President Donald Trump speaking to the press in the Oval Office of the White House in Washington, DC on February 9, 2018.

US President Donald Trump agreed on March 8, 2018 to a historic first meeting with North Korean leader Kim Jong Un in a stunning development in America's high-stakes nuclear standoff with North Korea / AFP PHOTO / KCNA via KNS AND AFP PHOTO / - AND Saul LOEB / South Korea OUT / REPUBLIC OF KOREA OUT   ---EDITORS NOTE--- RESTRICTED TO EDITORIAL USE - MANDATORY CREDIT
|

O Presidente dos Estados Unidos da América, Donald Trump, decidiu cancelar a reunião marcada com o presidente norte-coreano, Kim Jong Un. A tensão entre os dois países, que já era enorme, tem tendência a aumentar ainda mais após o cancelamento desta reunião. Sobretudo, após o golpe nefasto efetivado pelo imperialismo, que esperou a Coréia do Norte destruir suas instalações de fazer teste nuclear, ao pedido dos americanos.

Em carta para Jong Un, Trump disse que o motivo era a “extrema hostilidade aberta de Pyongyang”. E ainda ameaçou a Coréia do Norte, dizendo que suas armas nucleares são “poderosas e massivas”. Isso revela todo o jogo sujo por detrás da política imperialista dos norte-americanos.

Isso serve de lição geral para a esquerda: nunca deve-se tentar negociar com o imperialismo; os monopólios capitalistas, que são a raiz do imperialismo, são salafrários capazes dos golpes mais baixos para conseguirem o que querem. No caso da Coréia do Norte, Kim Jong Un, já havia percebido que algo não ia bem com esse “acordo” quando os americanos iniciaram um treinamento militar com o exército sul-coreano. Agora ficou claro.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas