Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Como os físicos sabem, as Leis da Mecânica Quântica são Leis aplicáveis a sistemas microscópicos, aos elétrons, prótons, átomos e outras partículas fundamentais. Tanto é que no mundo macroscópico em que vivemos, as Leis de Newton até hoje tem uma preponderância indiscutível e somente no século XX, com um maior desenvolvimento tecnológico, pudemos adentrar nas Leis da Mecânica Quântica. Mas um fato estarrecedor protagonizado pela operação golpista Lava Jato parece ter extrapolado todas as Leis da Física! Agora, aparentemente o famoso princípio da incerteza de Heisenberg também se aplica não só aos fenômenos macroscópicos, mas até mesmo no pantanoso mundo da política!

Depois de ser revelado que uma juíza penhorou o apartamento que supostamente seria do Lula chega-se a um curiosíssimo paradoxo: afinal, o apartamento é de Lula ou não é de Lula? 

No experimento, descrito pela imagem da matéria, Schrödinger propõe algo que deixaria os ativistas de animais mais exaltados de cabelo em pé. Ele coloca dentro de uma caixa fechada um singelo gatinho e um cruel, porém científico,  sistema que contém veneno, que será liberado aleatoriamente devido à emissão de radioatividade de uma amostra radioativa. De acordo com a interpretação de Copenhage da Mecânica Quântica, predominante na comunidade dos físicos, não podemos afirmar se o gato dentro da caixa está vivo ou morto, sem abrir a caixa. Assim, no paralelo com a Mecânica Quântica, teríamos uma superposição para o estado físico do gato, uma mistura entre os estados vivo e morto. Somente quando abrimos a caixa é que forçamos o sistema físico a “colapsar” para um dos dois estados, morto ou vivo.

Essa história famosíssima agora pode ser ilustrada tomando como exemplo o Triplex do Lula, o que certamente deixaria as discussões, se não mais interessantes, muito mais politizadas. 

Mas aí vem um fato que infelizmente nos faz parar a analogia por aí. Diferentemente do caso do gato, onde podemos achar ele vivo ou morto com determinadas probabilidades quando abrimos a caixa, no caso do Lula a situação é bem distinta. Já sabemos antes mesmo de abrir a caixa preta do processo farsa que Lula já está condenado de antemão, independentemente do “problema quântico” que envolve o “seu” apartamento. Afinal, o Triplex é de Lula ou não é? 

Um problema tão complicado que talvez nem mesmo os engenhosos físicos sejam capazes de resolver. Cabe à toda a esquerda brasileira sair desse labirinto quântico e ocupar Porto Alegre no dia 24 com 100 % de probabilidade.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas