Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

E a perseguição continua implacável. Depois de confirmar – através de um processo-farsa – a sentença do juiz fascista Sérgio Moro contra o ex-presidente Lula, o Tribunal Regional Federal da 4ª região, de Porto Alegre, acaba de escrever mais um capítulo na longa e interminável história de perseguição à Lula.

A desembargadora do TRF4, Maria de Fátima Freitas Labarràre acaba de se pronunciar contrária à absolvição da ex-primeira dama Marisa Letícia Lula da Silva, companheira por mais de 40 anos do ex-presidente. Marisa Letícia faleceu em janeiro de 2017, vítima da gigantesca pressão que ela e sua família vinha sofrendo pelos tribunais de exceção que conduzem os processos contra Lula.

A solicitação foi impetrada pela defesa do ex-presidente, diante do entendimento de que a absolvição sumária é necessária para afastar qualquer juízo negativo em relação à memória da ex-primeira-dama.

Com a decisão tomada pela magistrada, o recurso não seguirá para as instância superiores (Superior Tribunal de Justiça e Supremo Tribunal Federal). Em seu argumento, a desembargadora argumenta que “não há divergências   jurisprudenciais sobre a questão” (site Rede Brasil Atual, 14/02).

Está mais do que claro – e isso já ficou demonstrado em inúmeras outras ocasiões durante todo o processo – que os tribunais brasileiros deflagraram uma verdadeira caçada contra o ex-presidente Lula e sua família. Desde quando foi deflagrada, a operação lava jato e seus tribunais, juízes e procuradores vêm atuando ao arrepio da lei, violando abertamente até os mais elementares dispositivo constitucionais.

Tratam-se de tribunais de exceção que, sob a égide de um regime cada vez mais ditatorial,  agem no sentido de legitimar as arbitrariedades dos golpistas contra a manifesta vontade popular. A perseguição ao ex-presidente Lula e à sua família é a expressão mais acabada desta odiosa política.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Relacionadas