Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Segundo a imprensa burguesa e os articuladores do golpe, o país levará três anos para se recuperar da crise. Evidentemente a crise que a própria direita golpista instalou no país, e que agora tenta ainda mais aprofunda-la massacrando direitos elementares da população. O que vem sendo dito sobre o aparente crescimento do Brasil pela imprensa golpista, se apoia na política que está colado por aqueles que derrubaram a presidenta Dilma Rousseff e por seu próprio otimismo burguês.

Essa é mais uma das maneiras da burguesia de deixar a população adormecida, montam todo o cenário otimista de que o país está se recuperando, quando na verdade o que sabe é que a situação nacional tende a piorar, sendo o golpe o grande fator que  alavancou o caos no país e o massacre direto da população.

Logo, todo esse cerco montado não passa de um disfarce para os reais responsáveis pela crise no país. Por um lado se fala do curso “dinâmico” do mercado de trabalho, e por outro o que está constatado na prática, são as consequências da Reforma Trabalhista, a mesma que vem destruindo direitos que foram conquistados pelos trabalhadores 100 anos atrás, já são inúmeras as demissões de trabalhadores.

Portanto, o momento pelo qual o País passa, onde uma política de terra arrasada fora instalada, não será superada pelo otimismo da imprensa burguesa e muito menos por colocações feitas por economistas que estão alinhados com os golpistas. É preciso derrotar o golpe de conjunto, somente isso fará o país sair da devastação colocada pelos donos do golpe, e pôr fim a crise instalada por eles mesmos.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas