Justiça segue na perseguição
Tribunal e MPE se unem para cassar candidatos do PCO em Feira de Santana. Perseguição ao PCO se intensifica em todo o país.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
PCO em ato na paulista
PCO sofre perseguição da direita durante as eleições. | Foto por: arquivo DCO.

O TRE-BA informou nesta sexta (23) que acatou pedido do Ministério Público Estadual da Bahia (MPE) e indeferiu as candidaturas do PCO em Feira de Santana, por supostamente não prestar contas na eleição anterior em 2018. Segundo os juízes do tribunal o Partido precisaria ser “habilitado” e só depois autorizado a registrar suas candidaturas.

A perseguição às candidaturas do PCO vem se avolumando em todo o país, sendo sempre utilizados argumentos de descumprimento de ritos burocráticos para cassar o direito de um partido operário de participar do pleito.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas