Menu da Rede

Efeitos da crise

Trabalhadores informais tiveram queda na renda de 40% em maio

Segundo dados do IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) os trabalhadores informais brasileiros perderam 40% de suas rendas habituais no mês de maio.

Tempo de Leitura: < 1

Trabalhadores Informais seguem sendo os mais afetados pela crise na pandemia. – Foto: Arquivo DCO

Publicidade

Segundo dados do IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) baseados na Pnad Covid do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgados na última quinta-feira (02), os trabalhadores informais brasileiros perderam 40% de suas rendas habituais no mês de maio, ou seja, seus rendimentos em média equivaleram a apenas 60% do que recebem frequentemente.

Os mais afetados foram os trabalhadores de serviços considerados não essenciais durante a pandemia, como atividades artísticas, esportivas e recreação (perca de 45%), transporte de passageiros (43%), hospedagem (37%) e serviços de alimentação (35%).

Além das quedas na renda, no mês de maio, cerca de 32% dos domicílios não apresentaram renda nenhuma, e 5,2% (o que equivale a cerca de 3,5 milhões) sobreviveram apenas com o dinheiro do auxílio emergencial, o que nos faz questionar quais as condições, já que o auxílio é de apenas R$600, além dos trabalhadores que não tiveram nenhuma renda e também não conseguiram o benefício, o que soma 9,7 milhões de trabalhadores.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Populares na Rede
[wpp range="last24h" limit="3"]
NA COTV

No 19/06, tomar as ruas com comitês vermelhos! - Jornal dos Comitês de Luta - 16/06/21

0 Visualizações 26 minutos Atrás

Watch Now

Send this to a friend