Não aos ataques aos ecetistas!
O motivo são os novos ataques do governo ilegítimo do fascista Jair Bolsonaro aos direitos dos ecetistas
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
88a3469-600x400-63c6518e (1)
Ecetistas ameaçam paralisar. Foto: Daniel Caron/Gazeta do Povo |

Da redação – A Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares (FENTECT) estipulou um calendário de lutas para janeiro, começando nesta quarta-feira (15) e que pode levar à deflagração de greve no dia 30.

Na quarta e na quinta haverá reuniões da federação e de seus sindicatos, respectivamente. No dia 29, será votado o estado de greve com o indicativo para assembleia dos trabalhadores dos Correios, cuja paralisação deverá ocorrer no dia seguinte, 30.

O motivo são os novos ataques do governo ilegítimo do fascista Jair Bolsonaro aos direitos dos ecetistas. Em informe publicado no último dia 6, a FENTECT denuncia que o presidente bolsonarista dos Correios, o general Floriano Peixoto, tenta forçar a saída dos funcionários e dependentes do plano de saúde da categoria.

A federação “orienta os seus sindicatos filiados a encaminharem, a não assinarem nada e muito menos sair do plano de saúde. A paralisação do dia 30 será executada casomovimento operário a empresa “insista em manter este ataque”.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas