Siga o DCO nas redes sociais

Trabalhadores do Sicoob/Norte rejeitam proposta miserável dos patrões
image
Trabalhadores do Sicoob/Norte rejeitam proposta miserável dos patrões
image

Os trabalhadores das Cooperativas de Crédito da Região Norte (Sicoob/Norte) decidiram, em assembleia da categoria realizada no último dia 13 de agosto, na sede do Sindicato dos Bancários de Rondônia, rejeitar, por unanimidade, a miserável proposta dos patrões em reajustar os salários apenas pelo índice da inflação do período de 4,79%. A categoria reivindica reajuste salarial de 5% além da reposição da inflação e um aumento no vale refeição dos atuais R$ 800,00 para R$ 1.000,00.

Os patrões, é claro, se negam em conceder tal reajuste com a desculpa esfarrapada de que o país passa por uma crise econômica. Conversa para boi dormir! Todo mundo sabe que, tantos os bancos quanto as empresas de crédito nunca lucraram tanto com agora. Não é por acaso que o presidente do Banco Itaú acabou de dar uma declaração em relação a economia nacional dizendo que: “isso deixa a situação macroeconômica tão boa quanto nunca vi na minha carreira”. Enquanto que meia dúzia de parasitas banqueiros e capitalistas lucram absurdos às custas da superexploração dos trabalhadores e da expropriação da população em geral, os trabalhadores estão obrigados a receber um salário de miséria que nem dá para passar o mês. A remuneração mensal de um financiário é um pouco mais de mil reais, remuneração essa que está longe de alcançar um salário mínimo necessário para sustentar uma família de quatro pessoas, calculado pelo Dieese, que hoje está em 4 mil reais.

Leia Também  Sindipetro-SJC recua vergonhosamente diante de bolsonaristas

Os trabalhadores não devem aceitar as migalhas atirada da mesa dos patrões. Organizar, através das suas entidades de luta, uma greve de toda a categoria para barrar a política de miséria para os trabalhadores.

 



0 Shares
Share via
Copy link