Trabalhadores do Bradesco protestam contra a falta de pessoal nas agências

bradesco

Aumenta o número de trabalhadores do Bradesco que trabalham em agências que vem protestando contra a falta de pessoal para atendimento ocasionando um verdadeiro caos prejudicando tanto os funcionários quanto os clientes.

Com a política dos banqueiros golpistas do Bradesco, de demissão em massa de trabalhadores chegando, somente no ano passado, a quase 10 mil, os trabalhadores e a população em geral estão sofrendo o pão que o diabo amassou nas agências do Bradesco em todo o país. São filas intermináveis para os clientes, que passam mais de três horas para serem atendidos, chega-se ao absurdo de idosos, gestantes e aqueles que detém algum tipo de deficiência física terem que suportar horas na fila para ser atendido.

Com a falta de pessoal, os chefetes, que são verdadeiros capatazes da direção golpista do banco, adotam para os funcionários um verdadeiro clima de terror, além de ter que suportar o caos nas agências estão sofrendo pressão para que empurrem produtos do banco para os clientes para cumpri metas.

Por esses motivos, e muito mais, que os trabalhadores do Bradesco de diversas regiões vêm se organizando e fazendo paralisações parciais nas agências, para protestar contra a política de ataques da direção do banco, que massacra o trabalhador através de demissões, arrocho salarial, assédio, etc. para manter o super  lucro do Bradesco, que só cresce todos os anos, a custa do massacre dos trabalhadores e de toda a população