Contra as privatizações
As pautas do movimento neste momento são contras as privatizações, remanejamento do setor ligado ao controle da pandemia e destruição de cargos
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
sind
Mobilização pelas ruas da capital de São Paulo | Fotos: Letícia Kutzke/Sindsep e Andreia Oliveira
O Sindsep, trabalhadores da Coordenação de Vigilância em Saúde (Covisa) realizaram um protesto nesta segunda (17), que partiu de frente da coordenação, passando pela Secretaria Municipal de Saúde e seguindo para o gabinete do prefeito golpista Bruno Covas (PSDB).
Os trabalhadores exigem a revogação imediata do ato publicado pelo tucano, que decidiu remanejar 270 trabalhadores da Covisa, órgão autônomo responsável pela prevenção de epidemias, estudos, avaliações e ações de Vigilância Ambiental, Vigilância da Saúde do Trabalhador, Vigilância Epidemiológica e Vigilância Sanitária da cidade de São Paulo.
As pautas do movimento neste momento também são contras as privatizações, remanejamento do setor ligado ao controle da pandemia, destruição de cargos e das Autarquias.
Esta ação neste momento da pandemia, onde os capitalistas mandaram os governantes abrirem o comércio no pico de contágio, visa acabar de vez com o controle, escondendo os números e falsificando a realidade para matar o povo.
Após a mobilização ficou decidido uma Assembleia dos Trabalhadores da Covisa para amanhã, terça-feira, 18.08, às 9:30, na frente da Secretaria Municipal de Saúde, rua General Jardim, 36.
Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas