Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
fiocruz
|

Nesta quinta feira, 07 de junho, os trabalhadores da Fundação Fiocruz realizam um protesto em frente a portaria da instituição. O protesto ocorre no Rio de Janeiro e contará com um ato público em frente à uma das portarias e um abraço ao Castelo Mourisco, sede da instituição.

Os trabalhadores protestam contra o corte de orçamento anunciado pelo governo golpista de Michel Temer, que prevê a retirada de um total de R$5,2 milhões da verba destinada para a Fiocruz. O corte de verba foi colocado em prática através da Medida Provisória 839 e faz parte do projeto dos golpistas de destruição do patrimônio nacional e sucateamento das instituições publicas. Vale ressaltar que a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) realiza importantes pesquisas na área de ciências biológicas e tem seu trabalho reconhecido internacionalmente, portanto os ataques dos golpistas à fundação atingem diretamente o desenvolvimento da ciência e pesquisa no país  e certamente existem planos para privatizá-la passando o patrimônio do povo para os capitalistas.

Em uma carta à população divulgada pelo Sindicato dos trabalhadores da Fiocruz (Asfoc-SN) o sindicato responsabiliza o governo Temer e os golpistas de forma geral pela destruição que vem sendo promovida na fundação, além de destacarem o cenário de retrocesso nos direitos do povo a partir da reforma trabalhista e da terceirização. Ainda nesta carta o sindicato afirma “Pagamos todos nós que somos ameaçados por uma Reforma da Previdência injusta e covarde. Pagamos todos nós vítimas de um golpe promovido por rentistas e realizado por corruptos e entreguistas”.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas