Trabalhadores da Caixa Econômica Federal se mobilizam contra os ataques do governo golpista de Bolsonaro

caixa-divulgacao

Nesta sexta-feira (15) os trabalhadores da Caixa Econômica de todo o País se mobilizaram no Dia Nacional de Luta da Caixa em resposta aos ataques da direita golpista, que governa o país através da maior fraude eleitoral de todos os tempos, contra a tentativa de privatização desse que é um patrimônio do povo brasileiro.

As manifestações tiveram como palavra de ordem em defesa da Caixa 100% pública. O atual presidente do banco e privatista, Pedro Guimarães, já anunciou que pretende entregar para o capital privado, nacional e internacional, parte da Caixa, tais como a Área de seguros, cartões, loterias e assets, setores esses que são um dos mais lucrativos da empresa.

A extrema direita está posta no governo do Brasil com a intenção de esmagar a classe trabalhadora e transferir para os grandes capitalistas mundiais todas as nossas riquezas naturais e estratégicas.

É necessário barrar esta ofensiva, e a única forma para isso é levantar uma ampla mobilização que unifique os bancários e todos trabalhadores contra o golpe e o imperialismo. Sem barrar o golpe, todos dos direitos conquistados pelos trabalhadores estão em risco. Por isso é preciso organizar a mobilização de toda a categoria bancária, junto com todos os trabalhadores, colocando nas ruas uma intensa mobilização para derrotar o golpe e a anulação de todas as suas medidas.