Fora Bolsonaro
Os torcedores organizados, não apenas do Palmeiras, mas, diversos clubes, estão ocupando as ruas pelo Fora Bolsonaro.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
b7f2c720-a36f-11ea-967b-017b658a3975
Torcedores do Palmeiras e demais clubes ocupam a Paulista pelo Fora Bolsonaro | Foto: Reprodução/Yahoo Noticias

Torcedores do Palmeiras se movimentam para quebrar o vínculo de Bolsonaro com o time. O fascista em 2018 se infiltrou de forma oportunista no clube para fazer um falso teatro querendo mostrar que tinha apoio dos torcedores. Os torcedores organizados de diferentes clubes, tais como, Corinthians, São Paulo e Santos, estão tomando as ruas do estado paulista contra o governo fascista de Jair Bolsonaro.

Esses torcedores de esquerda que compõe o Palmeiras, juntamente com demais torcedores de outros clubes, estiveram presentes em mais um ato na Paulista ocorrido no domingo (14/06) para mostrar de vez que Bolsonaro não é popular e nem querido dentro dos estádios. 

O presidente ilegítimo, exerceu um grande teatro para tentar se mostrar querido pela grande massa popular que compõem o esporte mais importante do mundo, Bolsonaro, se infiltrou em diversos jogos de futebol de grandes clubes para tentar se mostrar popular, uns dos clubes foi o Palmeiras. 

“Nossa imagem estava ligada diretamente a ele porque ele levantou a taça em 2018. Esse grito estava entalado na garganta”, afirmou o torcedor Gabriel Santoro, um dos articuladores da “Palestra Sinistro”, mais uma organização dos torcedores contra a direita, gritos dos torcedores era contra o fascismo e por Fora Bolsonaro. 

Em cada jogo, Bolsonaro, vestiu uma camisa diferente, Flamengo, Palmeiras, Santos, e assim foi. Essa política é nada mais e nada menos para tentar esconder sua impopularidade, porém, os torcedores organizados rapidamente tomaram as ruas para deixar claro que a grande massa popular é contra sua política e sim pelo “Fora Bolsonaro”.

Cada aparição nos estádios, era um grande vexame, chegou até levar o capacho imperialista, Sérgio Moro, marionete do imperialismo contratado para prender o ex-presidente Lula. Suas aparições foram marcadas por vaias e com gritos de Fora Golpista e Fora Bolsonaro. Veja sua aparição no jogo entre Palmeiras e Vasco no vídeo abaixo:

 

 

As torcidas organizadas não são apenas uma forma de luta contra os inimigos do futebol, mas, também, uma ferramenta de luta pelos anseios da classe trabalhadora. Esses torcedores são de esquerda e não podem deixar de ocupar as ruas, mostrando para os partidos pequeno burgueses que se dizem progressistas, que uma frente ampla contra aqueles que odeiam os trabalhadores é traição para classe operária. Além de mostrar que não podemos deixar que a burguesia tire Bolsonaro, isso é dever dos trabalhadores, ocupando as ruas e mostrando que quem manda é a classe trabalhadora não a burguesia. 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas