Todos querem esconder Lula: Marina Silva impede chapa do ex-presidente de participar de sabatina no Estadão

Lula6

A burguesia está fazendo de tudo para fingir que Lula não existe, e que ele não pode ser candidato, apesar de liderar as pesquisas de intenção de votos e ser o candidato mais popular e o mais falado entre o povo brasileiro. Lula, estando preso, não pode participar de debates, e nem a imprensa o procura para que possa falar com o povo brasileiro. Lula está incomunicável, não há gravações, sabatinas nem nada disso.

Não bastasse isso, a burguesia está fazendo toda uma campanha para impedir Fernando Haddad, vice de Lula, de se pronunciar publicamente. Ou seja, não só querem impedir Lula de falar como também ninguém de sua chapa está podendo se pronunciar, revelando o absurdo antidemocrático destas eleições. No próximo dia 30, Haddad participaria de uma sabatina no Estadão. No entanto, a candidata do imperialismo, Marina Silva (Rede) fez uma dura campanha contra a participação de Haddad, o que acabou fazendo com que a sabatina fosse cancelada.

A perseguição dos golpistas é implacável. O medo deles de que Lula, por meio de uma mobilização popular, venha ser presidente da república outra vez faz com que eles façam de tudo para impedir que ele tenha expressão, de qualquer forma. Isso só fortalece ainda mais o argumento de que é preciso investir na candidatura do Lula até o fim. Exigir que Lula esteja nas urnas e denunciar que eleições sem Lula é fraude.