O caso Witzel
Caso o governador afastado seja condenado, perderá imediatamente o mandato.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Witzel
Wilson Witzel | Wilton Junior

Nesta segunda-feira, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro ( TJ-RJ) sorteou 5 desembargadores da Corte para a composição do Tribunal Misto – responsável pelo julgamento do processo de impeachment de Wilson Witzel (PSC-RJ), governador afastado após denúncias de corrupção. A decisão, portanto, ficará a cargo da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), que decidirá na terça-feira quem serão os outros 5 deputados estaduais completarão o Tribunal.

Após sorteio, foram escolhidos: Teresa de Andrade Castro Neves; José Carlos Maldonado de Carvalho; Maria da Glória Bandeira de Mello; Fernando Foch de Lemos Arigony da Silva; e Inês da Trindade Chaves de Melo. Esses cinco nomes, junto aos deputados, decidirão se Witzel cometeu crime de responsabilidade. Caso o governador afastado seja condenado, perderá imediatamente o mandato.

Acusado de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa, Witzel fora afastado do governo fluminense em 28 de agosto pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Benedito Gonçalves.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas