Menu da Rede

Gás a R$100 é culpa da privatização imposta pelos golpistas

Jornalista narra bloqueio

“The war on Cuba” denuncia bloqueio imperialista contra a ilha

O bloqueio norte-americano que atinge os cubanos em seu dia a dia

Jornalista Liz Oliva contra através da sua história o que realmente acontece por detrás do bloqueio – Foto: Twitter/@bellybeastcuba

O mês de dezembro foi marcado pela estreia do documentário “The war of on Cuba”, dirigido por Reed Lindsay e produzida pelos cineastas Oliver Stone e Danny Glover. A série estava programada originalmente para ser conter 10 partes e é introduzida pela jornalista Liz Oliva:

“Olá, eu sou Liz Oliva. As pessoas vêm em busca da Cuba real e é isso que fazem, mas esta não é a minha Cuba” e logo mostra a realidade nada romântica do país. Mostra um país seguro, com saúde e educação pública gratuita e de qualidade, contando que se formou em uma Universidade Pública de qualidade e sem custos. Mostra as pessoas em seu dia a dia, mas segue sua narrativa falando do real problema: A economia.

Em seguida, sua população aparece reafirmando o quão mal é a situação econômica de seu país. Durante a pandemia, as pessoas tiveram que horas em filas para pegar comida. Em seguida ela afirma “As coisas são difíceis aqui. Covid? Estou de boa com isso. Eu cresci dentro de crises.”

A minissérie mostra que falar sobre o bloqueio imposto pelos Estados Unidos é assunto ultrapassado. Eles escutam isso o tempo todo. Mas a jornalista enfatiza “Mas isso é real. Os Estados Unidos vêm travando uma guerra contra Cuba há uns 60 anos. Não uma guerra com balas ou bombas, mas que atinge cada aspecto de nossas vidas e recentemente (com a política de Trump), mais que nunca”.

O filme continua explicando sobre o bloqueio, que ele é o maior embargo de comércio da história moderna. Ela diz “Não é motivado por preocupações com os direitos humanos, é sobre dinheiro e poder”.

E quando Cuba estava conquistando espaço dentro mesmo dos Estados Unidos, eis que surge o governo de extrema direita de Donald Trump, retrocedendo totalmente o cenário de conquistas em que Cuba se encontrava. Em discurso Trump fala “ Todas as concessões feitas por Barack Obama ao regime de Castro, foram feitas através de ordens executivas. O que significa que o próximo presidente pode revertê-las. E isso eu farei.”.

Com o covid, as coisas ficaram ainda piores. Empresas de medicamentos não estão chegando ao país por conta do bloqueio, companhias aéreas da mesma forma, não aceitaram vender máscaras e ventiladores ao país. Além disso, o governo deixou tornou ainda mais difícil a comunicação e o envio de dinheiro entre famílias que estão nos Estados Unidos da América e os que se encontram em Cuba. Tudo por conta de uma política que exclui “vidas humanas” por “ganância e poder”, essa é a política imperialista, ou você cumpre com suas regras que nada tem a ver com direitos humanos, ou não merece viver.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores
O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Cultura

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.