Tensão entre Irã e Arábia Saudita: dois navios são atingidos por explosões no Golfo de Omã

Iran Persian Gulf Tensions

Em meio ao cerco crescente contra o Irã imposto pelo imperialismo norte-americano, um episódio veio a aumentar a tensão no Oriente Médio na manhã de ontem (13). Dois navios petroleiros foram atingidos no Golfo de Omã, um petroleiro panamenho e outro norueguês. O incidente aconteceu exatamente no momento em que o Irã recebe a visita do primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe. A notícia levou a um aumento do preço do petróleo no mercado internacional.

O Golfo de Omã fica entre o Irã e Omã, e fica próximo da Arábia Saudita. Os EUA acusaram o próprio Irã de ser responsável pelos ataques, indicando que se trata de mais uma provocação imperialista. O governo Trump rompeu o acordo nuclear com o Irã, e iniciou um cerco econômico ao Irã impondo sanções econômicas. Ao mesmo tempo, os EUA participam da guerra por procuração entre o Irã e a Arábia Saudita no Iêmen, apoiando os aliados dos sauditas contra os Houthis, apoiados pelo Irã.

Os navios podem ter sido atingidos por torpedos. Enquanto os EUA acusam o Irã de atacar navios em sua costa no meio de uma visita importante, são os próprios EUA que mantêm navios de guerra navegando pela região. O cerco econômico é acompanhado por um cerco militar. Até as sanções econômicas dos EUA entrarem em vigor, o Japão era um dos principais compradores de petróleo iraniano.