Siga o DCO nas redes sociais

Temos que levar a luta pela liberdade de Lula para todos os cantos do País
Former Brazilian President Luiz Inacio Lula da Silva speaks at the metallurgical trade union while the Brazilian court decides on his appeal against a corruption conviction, in Sao Bernardo do Campo
Temos que levar a luta pela liberdade de Lula para todos os cantos do País
Former Brazilian President Luiz Inacio Lula da Silva speaks at the metallurgical trade union while the Brazilian court decides on his appeal against a corruption conviction, in Sao Bernardo do Campo

Hoje, estudantes e professores de todo o país irão realizar manifestações contra os ataques do governo Bolsonaro à Educação. Nos últimos dias, tem se mostrado uma enorme tendência à mobilização contra o governo Bolsonaro. É hora de aproveitar o momento para mobilizar o movimento de luta contra o golpe e colocar a direita contra a parede.

Para que os trabalhadores, estudantes e setores democráticos consigam seguir adiante na luta pela derrubada do regime político, é necessário transformar o movimento contra os cortes na Educação em uma ampla mobilização contra o golpe. É preciso, portanto, que o movimento evolua no sentido de exigir a liberdade de Lula e a queda do governo Bolsonaro.

Em todas as manifestações de hoje, é preciso levantar as bandeiras que possam contribuir com a luta contra a direita. Atitudes como pedir que os partidos abaixem suas bandeiras ou de impedir que a liberdade de Lula seja pautada por “não unificar” devem ser combatidas energicamente pela esquerda.

A censura a qualquer pauta legítima da esquerda em uma manifestação popular é uma atitude tipicamente bolsonarista e não pode ser aceita nas manifestações de hoje. A esquerda precisa garantir, até mesmo pelo uso da força, que a liberdade de Lula seja reivindicada em todo o país.