Temeroso: apenas 8% acreditam que vida melhorou após saída de Dilma

temer

O golpista Michel Temer realmente fez o que nenhum outro golpista conseguiu na história: destruiu a economia do país na velocidade da luz, está entregando as principais empresas nacionais, atacando todo o funcionalismo público, perdoando dívidas de grandes empresários e bancos que roubaram a aposentadoria e etc..

Sendo assim, apesar desse diário não acreditar cegamente nas pesquisas que saem pela imprensa burguesa, os dados interessantes de uma pesquisa do Instituto Paraná mostram que:

56% dos brasileiros, acham que as condições de vida durante o governo de Michel Temer (MDB) permaneceram iguais se comparadas à administração de Dilma Rousseff (PT).

Já 34,3% disseram que a situação piorou após o impeachment, e somente 8,3% acreditam que melhorou.

Com relação ao futuro, a insegurança é a maior preocupação do brasileiro. Para 29%, o maior medo é sofrer algum tipo de violência. Em seguida, com 27%, o temor de perder o emprego.

E, para 26%, a piora na economia é a maior preocupação, pois fato é que o povo não acredita na falácia da luta contra corrupção e a maior parcela dos trabalhadores sabem que o impeachment sobre a ex-presidenta foi um golpe.

Frente as mentiras da equipe de Temer é necessário que a população vá para as ruas derrotar o golpe.