Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

A caravana pela região sul se mostrou totalmente acertada, uma vez que mobilizou centenas de pessoas em torno do ex-presidente em um momento em que Lula está na iminência de ser preso, fato identificado diretamente pela população pobre e trabalhadora como um elemento do golpe de Estado. Em várias cidades do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, o apoio a Lula foi grande, demonstrando o repúdio da população ao golpe e suas arbitrariedades.

Determinados setores do próprio PT ficaram intimidados com as provocações dos grupos fascistas da extrema direita contra Lula e cogitaram até mesmo suspender a campanha do ex-presidente pela região sul, o que seria uma clara capitulação diante das provocações da direita golpista. Em primeiro lugar é preciso deixar claro que, contra os fascistas, que são nada mais do que grupos minoritários e artificiais, formados por PMs, jagunços, etc, que são financiados pelos latifundiários e grandes empresários, como se pode ver muito nitidamente em suas “manifestações”, não se deve baixar a cabeça, é preciso responder a provocação dos fascistas na mesma moeda, como afirmou o próprio presidente Lula em Santa Catarina, quando disse que os militantes petistas devem reagir às intimidações.

Não se deve baixar a cabeça para a direita, é preciso continuar mobilizando a população pobre e trabalhadora contra o golpe. A presença de Lula polariza a luta política e é um instrumento importante para que a população veja claramente quem são seus verdadeiros inimigos, os quais historicamente exploram o povo trabalhador.

Não se deve recuar, é preciso intensificar a mobilização em todos os lugares. No próximo dia 4 de abril está marcado o julgamento do habeas corpus do ex-presidente no STF, é necessário ocupar as ruas contra a prisão de Lula e os trabalhadores devem estar preparados para se defender das provocações.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Relacionadas