Siga o DCO nas redes sociais

TEA’s em luta!
Técnicos universitários iniciam consulta para apoiar o Fora Bolsonaro!
A greve precisa ser por tempo indeterminado e levar como pauta principal o Fora Bolsonaro!
WhatsApp-Image-2019-09-17-at-16.36.25
TEA’s em luta!
Técnicos universitários iniciam consulta para apoiar o Fora Bolsonaro!
A greve precisa ser por tempo indeterminado e levar como pauta principal o Fora Bolsonaro!
Mesa na Plenária da FASUBRA
WhatsApp-Image-2019-09-17-at-16.36.25
Mesa na Plenária da FASUBRA

Nos dias 14 e 15 de setembro ocorreu em Brasília a Plenária Nacional da Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnico-Administrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil (FASUBRA), a qual aprovou a orientação para a organização de uma greve por tempo indeterminado com pautas contra o governo Bolsonaro.

Veja a lista de pauta para a greve:

1 – A derrubada do projeto Future-se;

2 – Contra os cortes de recursos nas IPE, do CNPQ, da CAPES, do PNAES e do FUNDEB;

3 – Contra os ataques do governo Bolsonaro aos direitos dos servidores públicos;

4 – Contra a Reforma Administrativa já anunciada pelo Governo (redução do salário com redução de carga horária – PEC 438/2018 -, Ataques à Carreira – Decreto 9991/2019, fim da estabilidade, extinção do RJU);

5 – Contra a Reforma da Previdência;

6 – Contra a intervenção do governo na escolha dos dirigentes das IFE;

7 – Pela revogação das legislações, decretos, portarias e instruções normativas que atacam a educação pública;

8 – Pela derrubada da EC 95.

Assim, orienta:

– Participação com mobilização no dia 20 de setembro da greve mundial do meio ambiente;

– Participação efetiva na greve nacional do setor da educação nos dias 2 e 3 de outubro;

– Dia 25 de setembro – participação da DN da FASUBRA no ato em defesa da Ciência e Tecnologia Pública, convocado pela SBPC, em Brasília;

– Construir assembleias conjuntas dos segmentos da comunidade universitária;

– Fazer o debate sobre a entrada imediata em greve nas IFE que suspenderem as aulas em decorrência dos cortes de verbas, pela reabertura da instituição e retorno das bolsas e dos recursos;

– Fazer reuniões com senadores nos estados, para manter a pressão para que se posicionem contra a Reforma da Previdência;

– Manter a articulação com as assembleias legislativas nos estados, para construir audiências públicas sobre a situação das IPE.

 

As entidades de base devem debater e deliberar sobre a possível deflagração de greve por tempo indeterminado, considerando:

1 – Greve por tempo indeterminado:

SIM ou NÃO

2 – A plenária solicita que seja debatido e deliberado em assembleia a consulta da campanha FORA BOLSONARO!

SIM OU NÃO

A Plenária Nacional da FASUBRA autoriza a Direção Nacional a convocar Plenária Nacional para os dias 12 e 13 de outubro, caso a maioria das entidades base indique a entrada na greve, para dar encaminhamento ao resultado da consulta.

Em caso de deflagração de greve por tempo indeterminado o calendário de atividades da FASUBRA será suspenso.

As pautas da FASUBRA são claramente contra o governo Bolsonaro, demonstrando uma posição combativa da categoria que precisa ser levada adiante pelo trabalhadores para derrubar esse governo fascista.

Veja também o texto de conjuntura aprovado na Plenária da FASUBRA