Taça Libertadores – Libertad, do Paraguai, elimina Atlético Nacional-COL, campeão das américas em 2016

Libertad-x-Atlético-Nacional

Taça Libertadores

Na definição da última vaga à fase de grupos da competição de clubes mais importante do continente, o campeão das américas em 2016, o Atlético Nacional, da Colômbia, foi eliminado pelo Libertad, do Paraguai. A partida aconteceu nos domínios do time colombiano, na cidade de Medellín-COL. Os anfitriões haviam sido derrotados na partida de ida pelo placar de 1 x 0 e necessitavam vencer por uma diferença de dois gols ou, no mínimo, pelo mesmo placar da primeira partida. O time paraguaio sabia da força do time local e não se aventurou muito, adotando a estratégia de garantir um empate ou uma derrota pelo mesmo placar de 1 x 1, o que levaria a decisão para os pênaltis.

E a estratégia paraguaia funcionou, pois com uma sólida retranca, levou somente o gol que poderia levar, fazendo com que a decisão fosse para os pênaltis. Nas cobranças, o time visitante foi mais efetivo e fez 5 x 4, eliminando o campeão de 2016. Com a classificação assegurada, o time do Libertad entra para o Grupo H, ao lado do Grêmio, do Rosário Central-ARG e da Universidad Católica-Chi.

Copa do Brasil – definidas mais duas vagas à terceira fase

Na cidade mineira de Tombos, o time local, a Tombense, recebeu para um confronto decisivo a equipe paraibana do Botafogo, em um duelo onde estava em disputa não só a ida para a terceira fase da competição (Copa do Brasil), como também uma ótima premiação em valores, o que é muito importante para os times de menor expressão do país, e que sobrevivem com poucos recursos.

No entanto, o adversário da Tombense também figura entre as equipes de menor expressão e luta com dificuldades para garantir a continuidade do seu trabalho. Em campo, dois times lutadores buscando o resultado que garantiria a ida para a próxima fase. O placar foi aberto pelo time local, mas o Botafogo reagiu, empatou e depois conseguiu a virada. A Tombense voltou a marcar e empatou a partida, levando a decisão para os pênaltis. Nas cobranças, brilhou o goleiro paraibano Saulo, que fez duas boas defesas e ainda converteu uma das cobranças, garantindo a ida do time do Botafogo para a próxima fase, quando estará enfrentando o Londrina.

Na outra partida, realizada na cidade serrana de Caxias-RS, o Juventude não precisou sofrer muito para garantir a ida para a terceira etapa da competição. O time local se impôs diante do América-MG e fez 2 x 1 no adversário. Os sulistas jogaram melhor e seguraram o placar de 2 x 0 até bem próximo do final da partida, quando em um pênalti, permitiram que os visitantes descontassem. Mas já não havia tempo para uma reação maior e a partida terminou mesmo com a vitória dos donos da casa e a vaga garantida para a próxima fase, além de uma boa quantia em dinheiro como premiação pela passagem à próxima fase. O Juventude terá pela frente, como adversário na próxima etapa, o Botafogo-RJ.