Surto de poliomielite: 1 em cada 4 cidades brasileiras podem desenvolver a doença

poliomielite

Da redação – Nos últimos meses começaram a aparecer vários indícios de surtos e retorno de doenças que, a princípio, estavam controladas ou quase eliminadas do cenário brasileiro. Sarampo, tuberculose, hepatite, meningite, entre outras, são exemplos de doenças que tem retornado com força entre a população.

No entanto, diferentemente do que a imprensa burguesa afirma, isso não ocorre por acaso, na verdade é produto da política dos golpistas que atacam a saúde do povo brasileiro. Isso porque o governo golpista produz um enorme corte e remanejamento de verbas que deveriam ser destinadas para as campanhas de vacinação, utilizando este dinheiro para bancar a publicidade do governo na imprensa burguesa. Os dados são alarmantes: uma em cada quatro cidades brasileiras apresenta cobertura de vacinação infantil abaixo das metas.

Em 2017 1.453 municípios dos 5.570, não atingiu as metas para nenhuma das dez vacinas necessárias para bebês e crianças, e isso permite a propagação de doenças extremamente perigosas entre este grupo. Por outro lado, apenas 322 municípios atingiram a meta de todas as vacinas, o que é menos de 6% do total de cidades. Os dados ainda indicam que 94% dos municípios têm pelo menos uma vacina abaixo das metas e 63% têm pelo menos cinco com cobertura abaixo da ideal.