Supresa! Ataque contra a caravana foi planejado

capa-tiros-caravana

Após perícias realizadas nos ônibus que realizaram a Caravana de Lula pelo Sul, chegou-se à conclusão de que os disparos foram feitos de modo planejado pela extrema-direita. Segundo o delegado Hélder Lauria, responsável pela investigação do ataque, “Quem fez isso sabia o que estava fazendo. Não podemos dizer que foi algo orquestrado e o que motivou. Mas, a pessoa não estava lá atirando em passarinhos e por acaso acertou o ônibus”.

Os ataques a tiro, no qual um deles atingiu o vidro de um dos 3 ônibus, ocorreu em um momento político de extrema polarização antes da prisão de Lula. As movimentações fascistas de ataque tomavam força e agora já mostram um caráter bem mais agressivo, se os disparos ao ônibus são preocupantes, o ataque a tiros com dois feridos no Acampamento Marisa Letícia em Curitiba é um passo à frente dos fascistas.

Os ataques feitos pela direita não vão parar, mesmo com Lula preso. Agora, o regime em crise se fragiliza cada vez mais e busca reagir com repressão total contra o sistema. Logo, não dá para acreditar cegamente que a Polícia poderá defender os trabalhadores, o golpe foi para colocar o Estado em confronto frontal contra os trabalhadores. Para que a população possa se defender, deverá ampliar a mobilização de luta contra o golpe, ingressando em Comitês de Luta Contra o Golpe e organizando a auto-defesa.