Superior Tribunal Militar manda soltar 9 dos 12 responsáveis pelos 80 tiros que mataram Evaldo
evaldo
Superior Tribunal Militar manda soltar 9 dos 12 responsáveis pelos 80 tiros que mataram Evaldo
evaldo

Da redação – Nesta quinta-feira (23) o Superior Tribunal Militar (STM) decidiu soltar nove dos 12 envolvidos na perseguição ao carro do músico Evaldo dos Santos Rosa, em que foram disparados cerca de 200 tiros. A perseguição aconteceu em abril, e 80 tiros acertaram o carro em que o músico Evaldo conduzia sua família, incluindo duas crianças. Evaldo foi assassinado, morreu na mesma hora. Outra vítima, um catador de papel que tentou ajudar a família, Luciano Macedo, morreu dias depois no hospital. O sogro de Evaldo também ficou ferido.

Mas nada disso serviu para manter os soldados responsáveis pela perseguição presos. Julgados por um tribunal militar, esses militares foram liberados. Enquanto a extrema-direita exige penas duras contra a população em geral, querem que os agentes do Estado ajam impunemente contra essa mesma população. É uma política de terror contra os pobres, especialmente negros, e contra os trabalhadores no bairros mais pobres. Situação já antiga no Brasil, sob Witzel e Bolsonaro o cenário fica ainda pior.