Censura no esporte
A jogadora de vôlei de praia que se expressou contra o atual governo ilegítimo e fraudulento pode sofrer punição pelo “fora Bolsonaro”
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Carol Solberg
Carol Solberg. Atleta brasileira do vôlei de praia | Foto: Reprodução

De acordo com site de noticias Uol, a denuncia apresentada pela subprocuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) contra a jogadora de vôlei de praia Carol Solberg pede que a atleta seja condenada pela penalidade máxima o que pode levar a multa de R$ 100 mil e a suspensão de seis torneios.

Carol Solberg foi denunciada em dois artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD): o 191 — deixar de cumprir o regulamento da competição — e o 258 — assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras do código. Pelo primeiro a multa pode chegar a R$ 100 mil, e o segundo pode levar a suspensão de até 6 partidas.

 

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas