Rio de Janeiro
Presidente do STJ revoga prisão preventiva e determina prisão domiciliar com tornozeleira eletrônica
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
MARCELO-CRIVELLA-2017-2185.jpg
Marcelo Crivella, prefeito bolsonarista da cidade do Rio | Reprodução

Nesta terça-feira (22), o prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), foi preso sob acusação de chefiar organização criminosa. Na audiência de custódia, a desembargadora Rosa Helena Penna Macedo Guita autorizou a prisão preventiva e encaminhou Crivella para o Presídio José Frederico Marques. Porém, o presidente do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, revogou a decisão e determinou prisão domiciliar com tornozeleira eletrônica.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas