STF tira caso do Sítio da República de Curitiba, Moro já cumpriu seu papel no golpe

moro12

Nesta terça-feira (24), o STF decidiu, por 3 votos a 2, que os inquéritos do sítio de Atibaia e do Instituto Lula sejam julgados pelo tribunal de São Paulo, e não por Sérgio Moro, no Paraná. Os magistrados entenderam que essas investigações não teriam relação direta com a Lava Jato, portanto não faria sentido que fossem levadas a cabo por Moro. A defesa do ex-presidente pediu a transferência dos processos para a Justiça de São Paulo.

Agora, que o Mussolini de Maringá já cumpriu o seu papel e colocou a maior liderança política do país na cadeia, em um processo absolutamente farsesco, a burguesia irá buscar preservar a figura do paranaense, e jogar o processo nas mãos de tribunais igualmente autoritários, só que desta vez em São Paulo.

A missão da República de Curitiba já foi cumprida: Lula está na cadeia. Agora, sem uma reação popular que bote medo nos golpistas, o plano será colocado para frente e a perseguição irá continuar. Diversos outros setores do PT também estão na mira do judiciário, e sindicalistas, sem-terra e demais ativistas de esquerda já podem se preparar para enfrentar uma escalada de ofensivas repressivas, especialmente com a participação das polícias.