Democracia burguesa
No estágio em que estamos do golpe e do imperialismo, como um todo, não podem nos restar dúvidas de que o governo democrático brasileiro não passa de uma farsa burguesa

Por: Redação do Diário Causa Operária

Há quase três anos, em meio a uma delação premiada, foi feita uma denúncia de caixa 2 contra José Serra (PSDB). Segundo investigação, o Senador teria recebido R$5 milhões da Qualicorp em 2014. Todavia, agora, o processo está em risco de ser prescrito em 35 dias. A ação está nas mãos do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, que deverá decidir se o processo será devolvido ou não para a primeira instância da Justiça Eleitoral.

A presente notícia deixa bem claro que a justiça age a serviço de somente um setor da sociedade: a burguesia. Afinal de contas, 4 milhões de reais não é uma quantia desprezível e, nesse caso, a investigação foi completamente negligenciada pelo poder estatal. Além disso, fica claro que toda a campanha em torno do “mal do século”, a corrupção, não passa da mais pura demagogia para atacar a esquerda, nada mais. Afinal de contas, Lula, ex-presidente petista, foi incansavelmente perseguido durante o processo golpista no Brasil.

Além de ter agido com extrema rapidez para impedir sua candidatura e garantir sua prisão, o poder judiciário realizou mil e uma manobras para viabilizar o processo que condenou Lula. Enquanto isso, Serra, tucano, fica impune, demonstrando um claro viés por parte da Justiça, o que já deveria estar claro com o papel essencial do STF no golpe de Estado.

Não dá para ter nenhuma ilusão de que o STF ou qualquer nível do Judiciário tenha qualquer característica progressista. O Judiciário está programado para atacar o povo e favorecer a direita e os capitalistas.

Send this to a friend