STF: golpistas votam 6 a 3 pelo fim do imposto sindical

stf

Da redação – O Supremo Tribunal Federal votou, na manhã desta sexta-feira, dia 29, mais uma ataque contra as organizações dos trabalhadores e extinguiu o imposto sindical. O relator da ação, ministro Edson Fachin, e ministros Rosa Weber e Dias Toffoli votaram a favor da contribuição sindical obrigatória, porém, Fux, Moraes, Barroso, Gilmar, Marco Aurélio e Cármen Lúcia votaram contra a contribuição, encerrando em 6 a 3 pelo fim.

Sem Celso de Mello e Ricardo Lewandowski na sessão, o julgamento foi encerrado.

Votação do fim do imposto sindical: