Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

A imprensa golpista está desesperada com a hipótese de o Supremo Tribunal Federal (STF) rever seu posicionamento de mandar prender pessoas sem o trânsito em julgado da condenação, vindo, de repente, a permitir que Lula se candidate à Presidência da República e faça sua campanha livremente.

Os canais de televisão, como a Rede Globo, e os jornalões da burguesia conclamam de forma insistente a Ministra golpista do STF, Carmen Lúcia, a não pautar o habeas corpus de Lula ou, se pautar, a impedir que a Corte mude seu entendimento sobre a possibilidade de prisão logo após a decisão de segunda instância.

O pedido de habeas corpus do ex-presidente, como se sabe, decorre da condenação em primeira e segunda instâncias no processo farsa do “tríplex”, em que nenhuma prova de propina ou de ato ilícito foi apresentada, e visa a evitar sua prisão após a confirmação da sentença do juiz Sérgio Moro pelos desembargadores do TRF4.

Importante dizer que estes magistrados são todos agentes traidores da pátria, aliados do imperialismo, que desejam banir a esquerda das eleições por meio de processos judiciais fraudulentos.

Neste momento, a imprensa capitalista aguarda ansiosamente a rejeição dos embargos de declaração opostos pelos advogados de Lula no TRF4, para que se expeça imediatamente sua ordem de prisão, e, assim, se evite a interposição de qualquer outro recurso por parte dos advogados, que possa, eventualmente, impedir o espetáculo grotesco de sua condução à cadeia.

Na visão dos golpistas, não só Lula, mas toda pessoa que ameace seus planos de escravizar o povo brasileiro e entregar o patrimônio nacional aos estrangeiros deve ser banida do meio político, e, para isto, eles contam com agentes do Estado, como a ministra do STF, para descumprir a Constituição Federal e permitir a prisão de líderes da esquerda antes mesmo do trânsito em julgado da condenação.

Neste contexto, é necessário esclarecer que o povo não pode ficar à mercê da vontade dos ministros do STF, muito menos dos caprichos de uma única ministra, como Carmen Lúcia. Processos fraudulentos como o de Lula não podem se multiplicar e ser usados contra toda a população, e é preciso sair às ruas para impedir, na força, a prisão do ex-presidente e de todos aqueles que sejam ameaçados de forma ilegal pelo conjunto dos golpistas.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas