PSBD e o genocídio
Internações pela Covid 19 seguem o nível de setembro em São Paulo
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Coletiva de imprensa com o governador de São Paulo, João Doria, sobre a produção e distribuição da vacina contra covid-19 (CoronaVac) no Brasil. 

Participam: 
governador de São Paulo, João Doria (PSDB-SP); 
senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP); 
senador Izalci Lucas (PSDB-DF); 
secretário da saúde do Estado de São Paulo, Jean Gorinchteyn; 
diretor do Instituto Butantan, Dimas Tadeu Covas; 
deputado Vinicius Poit (Novo-SP).

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado
São Paulo, estado onde mais morreram pessoas devido a política assassina de Dória | Senado Federal

O número de pessoas internadas devido a infecção de Covid-19 em São Paulo chegou, novamente, à média de mais de 10 mil pacientes, somando se os casos de suspeita ou confirmação da doença, desde o primeiro dia de dezembro e sem apresentar nenhuma queda. Só durante todo o mês de dezembro a soma de atendimentos variou de 9.926 e 11.276, entre casos severos e estáveis da doença. O nível de internações só havia chegado nesse nível no mês de setembro.

Esse levantamento foi feito segundo os dados divulgados diariamente pela assessoria de imprensa da Secretaria Estadual da Saúde (SES-SP), no qual o governo indica o total de pacientes suspeitos ou confirmados de Covid-19 em todo o estado, com detalhes sobre ocupação de UTI e enfermaria.

Até o momento, o estado chegou a 45.902 mortes e 1,42 milhão de casos confirmados de Covid-19. São Paulo está há 33 dias seguidos com a média móvel de mortes acima de 100, com taxa de ocupação de leitos de UTI de 65,5% na Grande São Paulo e 61,1% no estado.

Marcio Sommer Bittencourt, médico do Hospital Universitário da Universidade de São Paulo (USP), aponta a imensa pressão que esse quadro coloca no sistema de saúde de São Paulo, que, em tempos normais não atendem mais de 10 mil pessoas em UTI’s. Esses leitos deveriam, segundo o médico estar sendo ocupados para atendimentos eletivos e de emergência. Com o descontrole dos casos de Covid 19, a sobrecarga no sistema é gigantesca e muitos não receberão atendimento adequado. Explica ainda que o aumento de internações, afeta primariamente a estrutura hospitalar e recursos humanos no atendimento a população, o laboratório que precisa fazer exames, o equipamento de ventilação mecânica, o funcionário da fisioterapia, da enfermagem, da psicologia, a equipe médica”, que acabam sendo remanejados para os casos de infecção.

A prefeitura de São Paulo, afirmou em nota sobre a situação das internações, que o aumento se deve ao relaxamento das medidas de isolamento social, e que para minimizar a situação irá oferecer mais leitos e tomar medidas mais rígidas de isolamento para que o número de contaminados diminua.

Para a população de São Paulo que vem enfrentando a crise do Coronavírus, principalmente a parcela mais pobre, sem contar com nenhuma ação de contenção do governo ouvir a prefeitura prometendo controlar a situação agora parece piada, nesses mais de nove meses que a pandemia se descontrolou absolutamente nada foi feito em São Paulo para diminuir seus efeitos. Os governos estadual e municipal se utilizaram da crise para polarizar com a política de Bolsonaro, quando na verdade tinham exatamente a mesma ação de mate e deixe morrer de Bolsonaro.

Atualmente jogam com a promessa da vacina, que ainda nem existe e nem teve eficácia comprovada, tanto para ganhar dinheiro, como para manterem a fama de políticos a favor da ciência, demagogia que levou no papo quase todos os setores organizados da esquerda pequeno burguesa brasileira.

É preciso fazer a denúncia de que Covas e Doria, e mais a ala dita avançada da burguesia não vão mover uma palha para conter a contaminação, e o próximo ano será de tantas dificuldades para a população como 2020, se não houver a promoção da organização em torno de um programa de reivindicações básicas, com uma força real de sustentação, para que as pessoas possam sobreviver a esses governos e sua política assassina.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas