Danilo Pássaro
A imprensa golpista apresentou Danilo Pássaro como líder do movimento das torcidas organizadas, mas este não passa apenas de um penduricalho da direita
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
danilo passaro (1) (1)
Danilo Pássaro na manifestação: participando dos atos coxinhas ou contra Bolsonaro? | Imagem: redes sociais

Após o ato pelo Fora Bolsonaro que ocorreu neste domingo (28/06) na avenida Paulista, me chamou a atenção o comportamento de alguns integrantes do chamado movimento “Somos Democracia”.

O “líder” do movimento “Somos Democracia”, Danilo Pássaro, integrante da Gaviões da Fiel Torcida e candidato do PSOL na cidade de São Paulo, se comportou como um elemento da direita infiltrado dentro dos movimentos contra Bolsonaro para expulsar partidos de esquerda, em especial o PCO, e tirar a cor vermelha do ato como se estivesse cumprindo uma determinação do jornal golpista Folha de São Paulo. No domingo, a Folha de São Paulo pediu para os manifestantes participarem de verde e amarelo.

Além de ficar pregando manifestações “pacíficas”, sem enfrentamento e condenando grupos que querem enfrentar o fascismo como se deve. A manifestação desse domingo foi extremamente bizarra que chegaram a cantar “We Are the World” (Nós Somos o Mundo) de Michael Jackson no som. Um pequeno exemplo da “combatividade”.

Esse comportamento de Danilo Pássaro vai em direção totalmente oposta ao movimento de torcedores. A primeira manifestação realizada pela Gaviões da Fiel realizada no dia 31 de maio foi um grande movimento e mostrou que os torcedores foram para as ruas enfrentar e expulsar os fascistas na Avenida Paulista. Nesta data vimos que os torcedores estavam na avenida Paulista para expulsar os fascistas das ruas, mesmo que tivessem que enfrentar a tropa fascista da polícia militar.

“Somos Democracia” não é um movimento das torcidas organizadas

Uma coisa que tem que ficar claro é que esse “movimento” Somos Democracia liderado por Danilo Pássaro não representa as torcidas organizadas e nem minimamente as reivindicações das torcidas organizadas contra a ditadura e tem um conceito totalmente oposto de democracia.

Isso ficou claro porque a medida que Danilo Pássaro, juntamente com Guilherme Boulos, foram tomando conta das manifestações com ajuda da imprensa golpista e de acordos com a extrema direita paulista como Doria e o comando da PM, o movimento foi sendo estrangulado até que no último domingo estava totalmente esvaziado.

Tanto é assim que a imprensa deu grande destaque para a liderança de Pássaro, como a Folha de São Paulo, Estado de São Paulo e do O Globo com grandes reportagens e rasgando elogios. Não é nenhuma liderança de movimento de torcidas organizadas e muito menos fala em nome da Gaviões da Fiel. É apenas mais uma fabricação da imprensa golpista e da direita, nos mesmos moldes de Guilherme Boulos, Marina Silva e Ciro Gomes para evitar uma radicalização do movimento de torcedores.

Ou seja, o movimento “Somos Democracia” não é uma continuidade do movimento das torcidas organizadas e sim o estrangulamento desse grande movimento combativo contra os fascistas, o governo Bolsonaro e a possibilidade de uma intervenção militar.

Aos poucos as torcidas organizadas, movimentos sociais, grupos antifascistas e ativistas foram se retirando dos atos que, em vez de combater o fascismo, estavam sendo utilizados como plataforma eleitoral do próprio Pássaro e Guilherme Boulos. Não é por acaso que pedem atos pacíficos, controlados e o que chama mais atenção são as cores verde-amarela dos coxinhas. São convocações para ir de verde-amarelo, sinalizadores das cores do PSDB e bandeirões nas mesmas cores. Tudo isso no sentido oposto do motivo que levou as organizadas para as ruas: o combate ao fascismo.

As organizadas foram para as ruas se colocando com a verdadeira democracia, como o fim da PM, a liberdade de torcer, contra a perseguição as organizações dos trabalhadores (pois as organizadas são organizações de trabalhadores) e para expulsar os fascistas das ruas.

O movimento liderado por Danilo Pássaro é a defesa de Rodrigo Maia, dos golpistas do STF, dos senadores que deram o golpe em Dilma Rousseff, ou seja, da famosa Frente Ampla que espanta qualquer manifestante.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas