Siga o DCO nas redes sociais

Só as massas podem impedir o caos da economia mundial
analise inter
analise inter

Rui Costa Pimenta, presidente nacional do Partido da Causa Operária (PCO), explica – no programa Análise Internacional –  como o esquema neoliberal está se esfacelando no mundo todo:

“Nós estamos vendo aqui na América Latina a situação Argentina, onde a situação degringolou. Macri, para a frustração generalizada da burguesia, teve que voltar a aplicar medidas intervencionistas, teve que fazer controle de preços. Se essa política se mostrar obrigatória daqui por diante, isso significa que o esquema neoliberal, que já é precário, vai se desfazer e que nos vamos voltar ao ponto de partida da política neoliberal. Que são tendências hiperinflacionárias, agora turbinadas por uma falência dos estados nacionais. O déficit por exemplo do estado brasileiro é quase impossível de pagar. Já uma falência consolidada, você tem que manter o status quo de grande dívida nacional (a maior de todas sendo dos Estados Unidos, o principal país capitalista) ai você vai rolando a dívida, porque sanear as contas do estado é impossível.

O caso da Ucrânia mostra numa certa medida o fracasso do golpe de 2014. deram o golpe, derrubaram o governo, fizeram aliança econômica com a União Europeia, mas não resolveram nada; isso por um lado. Por outro lado, mostra também que as ilusões da esquerda brasileira e em geral da esquerda latino americana de que o pós golpe é uma volta a normalidade é uma besteira. É como no caso do Brasil: O lula não vai sair da cadeia, o PT vai ser e mais e mais atacado (ou vai se integrar ao esquema golpista) e o golpe passa a ser o novo status quo brasileiro. Assim como a situação de dominação da direita, extrema direita, eleições fraudadas, a proibição de partidos, se tornaram o novo status quo na Ucrânia.

E assim nós vamos ficar ad eternum a não ser que o golpe seja derrubado pela revolução das massas.