Sindicatos norte-americanos se solidarizam com o ex-presidente Lula em repúdio a Sérgio Moro

800px-AFL-CIO_Headquarters,_Washington,_D.C

Centrais sindicais e diversos sindicatos dos Estados Unidos prestarão solidariedade ao ex-presidente Lula e à presidenta Dilma Rousseff em repúdio ao juiz do Paraná, Sérgio Moro, que será homenageado em eventos norte-americanos.

A AFL-CIO (Federação Americana do Trabalho e Congresso de Organizações Industriais), o Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos (USW), o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Automobilística, Aeroespacial e Agrícola dos Estados Unidos (UAW), o Sindicato dos Trabalhadores de Alimentos e sua Comercialização (UFCW), o Sindicato do Varejo, Atacado e Lojas de Departamentos (RWSDU) e o Comitê Defend Democracy in Brazil se manifestarão contra a Câmara de Comércio Brasileiro-Americana, que nomeou o juiz Sérgio Moro como um dos dois “Homens do Ano” (ao lado do ex-prefeito de NY, Michael Bloomberg) e o celebrando em um evento no Museu Americano de História Natural, em Nova York.

A quantidade de manifestações internacionais contra a prisão do ex-presidente aumenta a cada dia. É preciso organizar uma ampla campanha pela sua liberdade, criar centenas de comitês de luta contra o golpe e impor uma derrota à direita golpista.